Ecossistema

Rio Tua

O rio Tua é um rio de Portugal, afluente da margem direita do rio Douro, no território da Terra Quente do Nordeste Transmontano. Com um percurso em nome próprio com cerca de 40 km, faz parte da Bacia Hidrográfica do rio Douro.

Em 2011 iniciaram-se os trabalhos que culminariam em 2016 com o enchimento da albufeira neste local.

O decurso natural do rio sofreu várias alterações, obrigando a novas adaptações, tanto para os seres humanos como fauna e flora existente. Diariamente lidamos com os novos desafios e com as novas alterações. Com o intuito de minimizar o impacto ambiental dos novos limites da bacia hidrográfica, algumas acções têm vindo a ser implementadas. Destacamos o abrigo de morcegos, espécie que anteriormente já era conhecida pelas suas protecção de pragas e benefícios diversos, e que a marca Pala da Lebre, se aliou, juntamente ao parque natural vale do tua, no seu estudo e protecção, através da colocação de abrigos ao longo da propriedade.

 

A Linha do Tua é uma ligação ferroviária de via estreita que ligava Foz Tua, na Linha do Douro, até à cidade de Bragança, na região portuguesa de Trás-os-Montes. A linha tem 134 quilómetros de extensão e acompanha o percurso sinuoso do vale do rio Tua desde a sua foz no rio Douro até Mirandela. A partir daí, atravessa o planalto transmontano a uma altitude cada vez maior, passando pela estação a maior altitude do país até à descida em Bragança. A maioria da linha encontra-se encerrada e está em funcionamento apenas um troço com 16 quilómetros ao serviço do Metropolitano de Mirandela.
A linha foi construída em duas fases. O troço entre a foz do Tua e Mirandela foi inaugurado em 1887. A construção dos restantes 73,5 km até Bragança foi adiada por razões financeiras, tendo sido concluído apenas em 1906. O primeiro estudo do traçado foi realizado em 1878.

Fonte: Wikipédia

https://pt.wikipedia.org/wiki/Linha_do_Tua

Deve ter mais do que 18 anos para visitar este site.

Por favor valide a sua idade!